Buscar
  • Vizzotto Editora

6ª CONNECTED SMART CITIES IMPLEMENTA NOVAS FERRAMENTAS PARA CIDADES

São Paulo sediará nos dias 9 e 10 de setembro, no Centro de Convenções Frei Caneca, a 6ª edição do Connected Smart Cities (CSC) 2020, que será marcada pela implementação de novas ferramentas e tecnologias para o mercado de cidades inteligentes no Brasil, concluindo o processo de transformar o evento em uma plataforma.


Divulgação/Connected Smart Cities

Nesse sentido, o site do CSC foi reestruturado para atender as novas funcionalidades, contemplando novos serviços voltados para o desenvolvimento de smart cities. Com a nova estrutura, a plataforma passa a atuar, além do Ranking Connected Smart Cities, único estudo no país focado nas cidades e que serve de base para os municípios melhorarem seus indicadores, com:


Prêmio, dedicado aos negócios inovadores e voltado às necessidades do cidadão;

Blog, canal colaborativo e de conteúdos relevantes sobre o futuro das cidades;

Evento Nacional, fundamental para o mercado de smart cities;

Learn Connected Smart Cities, iniciativa inovadora e imersiva sobre smart cities e que oferece cursos online para públicos de interesse.


“Desde que iniciamos o trabalho do Connected Smart Cities, em 2015, temos cumprido o nosso objetivo de contribuir de forma decisiva com o desenvolvimento do mercado de cidades inteligentes no Brasil. E com o amadurecimento desse setor e as novas necessidades, incorporamos novas ferramentas, serviços e tecnologias à Plataforma e, assim, nos tornamos a mais completa iniciativa deste mercado, viabilizado informações, estratégias e intercâmbio entre os diferentes atores. O resultado desse trabalho pode ser acompanhado nas diversas regiões do país, por meio da implementação de iniciativas em diversos municípios”, comenta a idealizadora da Plataforma Connected Smart Cities, Paula Faria.


A especialista em cidades inteligentes destaca ainda que, com o objetivo de engajar ainda mais os diferentes atores, apresentar e destacar as iniciativas nesse setor, a Plataforma passa a produzir conteúdo. “A partir de janeiro 2020, passaremos a disponibilizar conteúdo de qualidade e, assim, gerar conexão e intercâmbio e fortalecer as boas práticas dos municípios nesse mercado”, enfatiza Paula Faria.


EDIÇÃO 2020 DEVE REUNIR 3 MIL PARTICIPANTES


Também vamos incorporar novas ferramentas para esse mercado, dobrar o número de prefeituras participantes e atingir 600 municípios presentes no evento, além de somar mais de 3 mil participantes. Sem dúvida, teremos em 2020 a maior edição do evento”, disse.

A expectativa da organização é de que, em 2020, o evento supere os 2.300 participantes de 2019, além das cerca de 250 palestrantes, mais de 500 empresas e Reuniões de Negócios, por meio da plataforma inovadora de Speed-Dating. A 5ª quinta edição reuniu os diversos agentes relacionados aos governos, empresas e entidades nacionais e internacionais, com destaque para a presença de cerca de 300 prefeituras.


“Vamos manter todas as iniciativas inovadoras incorporadas na edição 2019, como o formato inovador e as novas tecnologias para as cidades e mobilidade, principalmente, onde se destacaram, ainda, a participação de cerca de 150 palestrantes nos 90 painéis, com apresentações simultâneas em 12 palcos. Também vamos incorporar novas ferramentas para esse mercado, dobrar o número de prefeituras participantes e atingir 600 municípios presentes no evento, além de somar mais de 3 mil participantes. Sem dúvida, teremos em 2020 a maior edição do evento”, disse.


SOBRE O CONNECTED SMART CITIES


O Connected Smart Cities, principal iniciativa do setor no Brasil e um dos maiores da América latina, é realizado pela Necta e a Urban Systems e envolve empresas, entidades e governos. O evento faz parte da Plataforma Connected Smart Cities, que tem por missão encontrar o DNA de inovação e melhorias para cidades mais inteligentes e conectadas umas com as outras, sejam elas pequenas ou megacidades.


RANKING CONNECTED SMART CITIES


Estudo desenvolvido pela Urban Systems, por meio de metodologia própria e exclusiva, em parceria com a Necta, empresa organizadora do evento homônimo. Além de considerar os conceitos de cidades inteligentes, como tecnologia, meio ambiente e sustentabilidade, o Ranking considera conceito de conectividade, investimentos em saneamento, importância da educação na formação e reprodução dos potenciais das cidades e sustentabilidade econômica.


Na versão 2019, foi incorporado conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 -Sustainable Cities And Communities – Indicators For Smart Cities, mantendo o estudo como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil. O resultado é apresentado em 4 frentes: geral, por eixo temático, por região e por faixa populacional.


Feito com o objetivo de mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil, por meio de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade, o Ranking é composto por indicadores de 11 principais setores: mobilidade, urbanismo, meio ambiente, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo, governança e energia, mesmos eixos temáticos do evento Connected Smart Cities.


Fonte: Agência CBIC

6 visualizações

Centro Empresarial Sibara

Avenida Brasil, 1500, sala 317

Centro | Balneário Camboriú

88.330-901

CONTATO:  (47) 3264.9639  |  3361.0191   |   3398.3820   |   9936.0147

Copyright © 2018 Vizzotto Editora - Todos os direitos reservados.