CASA PRÓPRIA - CAIXA ANUNCIA NOVAS MEDIDAS


Imagem: Pexels/Pixabay


A Caixa Econômica, com o objetivo de incentivar o mercado de construção civil, anunciou novas ações e medidas para o mercado imobiliário. O diretor de Habitação da Caixa, Rodrigo Wermelinger, afirmou que as iniciativas foram elaboradas a partir do diálogo com o setor da construção, em especial com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). O presidente da entidade, José Carlos Martins, parabenizou o trabalho e a agilidade do banco no atendimento das demandas do setor.


Confira abaixo:


1) Redução da taxa de juros SBPE Poupança Caixa

A taxa foi reduzida para 2,80% mais remuneração da poupança.

2) Melhorias no Casa Verde e Amarela

São melhores condições de financiamento para famílias com renda entre R$ 2 mil e R$ 2.400, com redução de 0,5% nos juros e, para menores rendas, até 15% de aumento do valor teto do imóvel e mais subsídios para compra do imóvel.


3) Seu Lar do seu Jeito

É uma nova linha de crédito imobiliário, com recursos do FGTS para famílias com renda até R$ 3 mil e integrante PCD (pessoa com deficiência), que permite reformas para poder adaptar imóveis. São taxas a partir de 4,25% ao ano dentro das condições do programa Casa Verde e Amarela. O financiamento é de até R$ 50 mil para imóvel próprio residencial urbano com quota de até 80% em até 240 meses.


4) Novas Contratações de Crédito Imobiliário

É a possibilidade de contratar operações do SBPE pessoa física e aderir uma carência de até seis meses para começar a pagar. Abrange imóveis novos e usados e está disponível nas modalidades TR, Poupança Caixa e Taxa Fixa.


5) Prorrogação de medidas de apoio ao setor:

Prorrogação do cronograma físico-financeiro das obras, sob demanda;

Prorrogação do laudo de avaliação de empreendimento, por até 90 dias;

Condições simplificadas para renegociação PJ;

Liberação de recursos dos financiamentos não utilizados anteriormente (limite obra executor);

Registro do contrato durante o período de suspensivas;

Prazo de carência de 180 dias para início das obras e para iniciar a amortização da dívida das obras concluídas;

Antecipação de até 10% do financiamento em novos empreendimentos;

Utilização de recursos de repasses e recebíveis para pagamento de encargos em empreendimentos com repasse na planta;

Customização da comercialização mínima de 30% para 15% em empreendimentos com repasse na planta;

Customização da exigência de 15% de obra em empreendimentos com repasse na planta;

Revisão nos cronogramas de repasse;

Liberação de parcelas com vistoria física posterior;

Cláusulas suspensivas, com apresentação posterior de licenças, exceto ambiental;


6) Prorrogação da taxa promocional do apoio à produção e do Plano Empresário

Com recurso do SBPE de 3% ao ano mais remuneração da poupança, a medida foi prorrogada até 30 de junho.


7) Imóvel Comercial PJ Individual

É a linha de financiamento para pessoas jurídicas com a possibilidade de adquirir, construir e reformar imóveis comerciais.


8) Novo Plano Empresário Caixa

É o financiamento à produção de empreendimentos SBPE, com liberdade de escolha quanto ao melhor momento de repasse das unidades. Estará disponível em 18 de maio.

As novas condições são Índice Único de Garantia entre 120% e 130%; Permuta do Terreno de até 35%; Repasse de Unidades a qualquer tempo + Seguro Garantia Construtor (SGC); Simplificação da liberação de recursos com redução de 50% dos documentos; Controle de Recebíveis e Garantias em esteiras diferenciadas e simplificadas; Para empreendimentos com valor médio de unidades a partir de R$ 300 mil SBPE.


9) Operações de Habitação Popular – Ampliação do apoio à produção PJ

É o financiamento de empreendimentos com doação de terreno pelo Ente Público, que visa a dispensa de necessidade de 100% da demanda na contratação e do aceite da garantia da Concessão de Direito Real de Uso (CDRU). Estará disponível em 18 de maio.


Fonte: CBIC e CAIXA


whatsapp-g975d2881e_1280.png