COVID-19: COMEÇA A VACINAÇÃO DOS TRABALHADORES DA CONSTRUÇÃO DE CAMPO GRANDE


Foto: Geralt/Pixabay

Os trabalhadores da construção civil de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, já estão sendo vacinados contra a Covid-19. Inicialmente, estão sendo vacinados com a 1ª dose da vacina os colaboradores com 45 anos ou mais, porém o cadastro está disponível a todos os trabalhadores do setor. Campo Grande é a segunda capital do Brasil a vacinar os trabalhadores do setor. A primeira capital foi São Luís, no Maranhão.


O presidente do Sindicato Intermunicipal da Indústria da Construção do Estado de Mato Grosso do Sul (Sinduscon-MS), Amarildo Miranda Melo, menciona que “a vacinação em massa em Campo Grande, sendo estendida para o interior, faz com que consigamos aproveitar a retomada da cadeia da indústria da construção no estado. Vamos ajudar direta e indiretamente o crescimento do PIB do nosso estado, estando com todos os trabalhadores imunizados”.


CONSTRUÇÃO COMEMORA MAIS ESSA CONQUISTA NO PAÍS

Para esse resultado – segunda capital do País a vacinar trabalhadores do setor -, Amarildo Melo destaca as importantes ações desenvolvidas dentro da cadeia produtiva da construção civil do Mato Grosso do Sul. Dentre elas, o trabalho realizado pelo Sinduscon-MS junto à Federação da Indústria (FIEMS), por meio do presidente Sérgio Longen, de levar a vacinação rapidamente para o Estado. A iniciativa contou com apoio da Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). “Uma cadeia produtiva imunizada, além de garantir tranquilidade para os trabalhadores e seus familiares, dá segurança para trabalhar e retomar o crescimento de forma organizada e linear no estado”, completou.


VACINAÇÃO

Para vacinar, os trabalhadores do setor precisam comprovar vínculo empregatício ou o efetivo exercício da função, conforme descrito no Plano Nacional de Imunização (PNI). É necessário ainda a realização do cadastro no sistema de identificação prévia.


Fonte: CBIC