Buscar
  • Vizzotto Editora

CRÉDITO IMOBILIÁRIO: Setor discutirá impacto dos juros baixos


No Brasil, a taxa básica de juros alcançou seu menor nível histórico – 4,5% ao ano –, e o impacto da medida intensifica a necessidade de planejamento do cenário futuro pelo setor produtivo, inclusive, a produção e o comércio de imóveis. Focada nesse desafio, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) irá realizar um grande debate sobre ‘Crédito Imobiliário: juros baixos, mais negócios?’. O evento será no dia 17 de fevereiro, em São Paulo, e contará com a correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

“Queremos debater as mudanças que essa condição apresenta, entender o que pensam fazer os principais players do financiamento imobiliário e as expectativas de crédito para 2020”, afirma o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

A programação se estenderá das 8h30 às 13h, no Milenium Centro de Convenções, e será dirigida a: empresários e profissionais de todos os segmentos da cadeia produtiva da construção civil e da incorporação imobiliária; representantes de entidades financeiras; especialistas na área de crédito imobiliário; acadêmicos e profissionais de Imprensa. Nos próximos dias, será divulgada a programação, assim como o link para as inscrições, que serão gratuitas.

A realização do evento faz parte do projeto ‘Melhorias para o Mercado Imobiliário’, realizado pela CBIC com a correalização do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).

SERVIÇO:

O que: ‘Crédito Imobiliário: juros baixos, mais negócios?’

Quando: 17 de fevereiro, das 8h30 às 13h

Onde: Milenium Centro de Convenções, Rua Dr Bacelar, 1.043, Bairro Vila Clementino, São Paulo-SP

Mais informações: Assessoria de Comunicação Social da CBIC | ascom@cbic.org.br e (61) 3327-1013

Fonte: CBIC

4 visualizações

Centro Empresarial Sibara

Avenida Brasil, 1500, sala 317

Centro | Balneário Camboriú

88.330-901

CONTATO:  (47) 3264.9639  |  3361.0191   |   3398.3820   |   9936.0147

Copyright © 2018 Vizzotto Editora - Todos os direitos reservados.