Buscar
  • Vizzotto Editora

Empresas da MEI investem 46% a mais em inovação que a média nacional

As empresas que participam da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), movimento coordenado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), investem 46,3% a mais em pesquisa e desenvolvimento (P&D) do que a média nacional. O número é de levantamento inédito da CNI, que analisou o desempenho de empresas da MEI na base de dados da Pesquisa de Inovação (Pintec), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O trabalho foi apresentado em 5 de novembro, na sede da CNI, em Brasília, durante reunião conjunta da MEI com a Frente Parlamentar Mista de Ciência, Tecnologia, Pesquisa e Inovação.

Gerd Altmann/Pixabay

As empresas participantes da MEI investem 1,13% da sua receita líquida de vendas em P&D, enquanto a média nacional de investimentos é de 0,77% da receita líquida própria de vendas em P&D, conforme a Pintec, que engloba 132.529 empresas. A amostra representativa na pesquisa da CNI contempla 160 empresas – 80% delas implementaram inovações de produto e de processo simultaneamente contra 15% das demais empresas brasileiras que investem em inovação.


Segundo o levantamento da CNI, as empresas da MEI têm um desempenho muito acima da média das empresas que fazem algum tipo de inovação no país. A constatação pode ser observada por meio do maior esforço de inovação para o mercado mundial e de cooperação com outras instituições. 


O presidente da CNI, Robson Braga de Andrade, afirma que a mobilização se tornou uma das mais bem-sucedidas interações público-privadas no Brasil. “O sucesso da MEI é reflexo do comprometimento dos líderes empresariais e do governo com a agenda de inovação traçada pela Mobilização, com impacto direto na competitividade da economia”, destaca. “A CNI e a MEI acreditam e estão empenhadas nessa causa. Temos consciência do papel fundamental do setor industrial em fazer da inovação uma ferramenta estratégica de crescimento”, acrescenta.


COMPARAÇÃO INTERNACIONAL – O perfil diferenciado aproxima as empresas da MEI de companhias inovadoras europeias. Um exemplo são os dados de investimento: 47% das empresas ligadas à MEI investem em P&D, próximo ao universo de 53% das empresas europeias, segundo dados da Community Innovation Survey (CIS) do Eurostat. De forma semelhante, as empresas da MEI apresentam uma elevada taxa de inovações de produto e/ou processo in house (feitas dentro da própria empresa) – 96%, bem próxima à da Europa, que é de 100%. A média nacional é de 65%.


SOBRE A MEI – A Mobilização Empresarial pela Inovação é coordenada pela CNI e reúne cerca de 300 das maiores empresas que atuam no país. É o maior fórum de interlocução entre o governo federal e a iniciativa privada. O grupo reúne empresas que têm se diferenciado no mercado nacional e internacional, e se tornado mais competitivas.

Os líderes da MEI se reúnem a cada três meses em encontros com a presença de representantes do poder público e da academia, nos quais são discutidos e definidos caminhos para potencializar a inovação no setor empresarial brasileiro, e também avaliadas as ações já em curso de estímulo à agenda no país.


Entre as iniciativas da MEI destacam-se diagnósticos e estudos, colaboração com políticas do governo, apoio para empresários inovarem e imersões para ecossistemas de inovação no Brasil e no exterior em grupos que reúnem integrantes de empresas, governo, agências de fomento e universidades.


FONTE: Agência CNI de Notícias

2 visualizações

Centro Empresarial Sibara

Avenida Brasil, 1500, sala 317

Centro | Balneário Camboriú

88.330-901

CONTATO:  (47) 3264.9639  |  3361.0191   |   3398.3820   |   9936.0147

Copyright © 2018 Vizzotto Editora - Todos os direitos reservados.