Buscar
  • Vizzotto Editora

INDÚSTRIA REGISTRA MAIOR SALDO NO MERCADO DE TRABALHO


Foto: Erdenebayar/Pixabay

No mês de setembro, Santa Catarina gerou 24.827 novos postos de trabalho, registrando 99.188 admissões e 74.361 desligamentos. A indústria foi responsável por 13.067 novos empregos, representando 53% do saldo positivo no mês. O desempenho observado no mês de setembro representa o quarto mês consecutivo com saldo positivo para a atividade industrial, desde o mês de junho. Apesar de registrar saldo positivo de 21.779 no ano de 2020, a indústria de Santa Catarina ainda não superou as perdas de empregos causadas durante a pandemia. O setor industrial mantém uma trajetória de recuperação no mercado de trabalho, que deverá se manter ainda nos próximos meses. Considerando o saldo de empregos gerados entre janeiro e fevereiro, foram criados 31.150 novos postos de trabalho; enquanto entre março e setembro, o saldo ainda é de -9.371.


ANÁLISE SETORIAL

No mês de setembro, o setor de construção civil registrou abertura de 932 novos postos de trabalho em Santa Catarina. A combinação de taxas de juros baixas e facilitação de acesso a crédito para o financiamento da casa própria deve ajudar a manter um crescimento sustentado da indústria da construção. A atividade também está sendo influenciada pelo aumento das obras públicas ocasionadas durante o período da pandemia e ano eleitoral.

A indústria têxtil, confecção, couro e calçados gerou 4.812 novas vagas em setembro. Trata-se do melhor desempenho da atividade desde janeiro, quando registrou saldo positivo de 6.697. As medidas políticas de combate à crise econômica ocasionada pela pandemia estão sendo fundamentais para a retomada do setor. Em especial, o aumento de liquidez ocasionado pelo auxílio emergencial vem sustentando uma recuperação mais forte na atividade econômica.


O setor de madeira e móveis registrou saldo de 1.418 novos postos de trabalho. A atividade está se beneficiando pelo aumento do consumo das famílias, conforme aponta a Pesquisa Mensal do Comércio, desenvolvida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísica (IBGE). No mês de setembro, o volume de vendas de móveis no varejo registrou crescimento de 45,2% no mês de agosto, quando comparado com o mesmo período do ano anterior. Além disso, há aumento nas exportações de madeira.

INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI) da construção civil, por sua vez, indicou que os empresários do setor continuam confiantes em relação às perspectivas de melhora da economia nos próximos meses, com o resultado mantendo-se acima dos 50 pontos. O indicador totalizou 51,5 pontos no mês de outubro. A manutenção da taxa de juros nas mínimas históricas estimulam a atividade econômica no setor, facilitando a obtenção de crédito para a realização de investimentos e para o financiamento imobiliário. Assim como no setor da transformação, as condições atuais positivas contribuem com o otimismo mais difundido.


Fonte: FIESC

2 visualizações0 comentário

Centro Empresarial Sibara

Avenida Brasil, 1500, sala 317

Centro | Balneário Camboriú

88.330-901

CONTATO:  (47) 3264.9639  |  3361.0191   |   3398.3820   |   9936.0147

Copyright © 2018 Vizzotto Editora - Todos os direitos reservados.