Buscar
  • Vizzotto Editora

NÍVEL DE ATIVIDADE E UTILIZAÇÃO DA CAPACIDADE OPERACIONAL DA CONSTRUÇÃO CRESCEM


Foto: Divulgação/CNI


O nível de atividade da construção civil registrou alta pelo quarto mês consecutivo, confirmando a tendência de crescimento do setor. É o que mostra a Sondagem Indústria da Construção, relativa a novembro, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A pesquisa aponta crescimento considerável da utilização da capacidade operacional, que atingiu 63%, o maior nível desde dezembro de 2014.

De acordo com os dados, o índice de atividade da indústria da construção em novembro foi de 50,3 pontos. Ainda que tenha apresentado ligeira queda na comparação mensal com outubro, se manteve acima da linha divisória de 50 pontos, indicando aumento do nível de atividade da construção em relação ao mês anterior.


No entanto, diferentemente de outubro, o desempenho favorável da indústria da construção não resultou em alta de empregos. O nível de emprego ficou em 49,1 pontos, abaixo da linha divisória de 50 pontos, o que indica queda no número de empregados frente a outubro, embora a pontuação esteja acima de sua média histórica de 44,1 pontos.


CAPACIDADE OPERACIONAL NO MAIOR NÍVEL DESDE 2014

A alta de 61% para 63% da Utilização da Capacidade Operacional (UCO), depois de um leve recuo registrado em outubro, aponta a retomada da trajetória de crescimento iniciada em maio.

“A Sondagem Indústria da Construção deste mês mostra que o setor continua se recuperando bem depois da pandemia e tende a continuar a trajetória de crescimento em 2021. Essa projeção se confirma cada vez mais a partir do registro do maior nível de utilização da capacidade operacional desde 2014”, afirma o gerente de Análise Econômica da CNI, Marcelo Azevedo.


EXPECTATIVAS DO EMPRESÁRIO DA CONSTRUÇÃO SEGUEM ALTAS

A Sondagem Indústria da Construção detalha ainda que as expectativas dos empresários do setor seguem otimistas em dezembro e a confiança permanece em alta, com intenção de investimento mantendo-se estável, em patamar elevado.

Segundo os dados, o índice de Confiança do Empresário Industrial da Indústria da Construção (ICEI-Construção) cresceu 1,2 ponto em dezembro, alcançando 60,1 pontos. O resultado aponta que a confiança do empresário da construção está se tornando cada vez mais forte e disseminada. O ICEI-Construção cresce desde maio, com exceção do mês de outubro, quando ficou estável.


De acordo com análise da CNI, o avanço da confiança da construção em dezembro se deu principalmente por uma forte melhora da percepção dos empresários com relação à situação atual e ao futuro da economia brasileira, enquanto os índices de condições e expectativas quanto às próprias empresas também avançaram, mas em menor medida.


A intenção de investir da indústria da construção, por sua vez, ficou estável entre novembro e dezembro. O índice aumentou 0,3 ponto e alcançou 42,7 pontos.


Fonte: CNI

6 visualizações0 comentário

Centro Empresarial Sibara

Avenida Brasil, 1500, sala 317

Centro | Balneário Camboriú

88.330-901

CONTATO:  (47) 3264.9639  |  3361.0191   |   3398.3820   |   9936.0147

Copyright © 2018 Vizzotto Editora - Todos os direitos reservados.