top of page

DESENVOLVIMENTO, CONSTRUÇÃO CIVIL LIDERA RANKING DE EMPREGOS NA INDÚSTRIA CATARINENSE



A construção civil desponta como principal alavanca de empregos entre os setores industriais em Santa Catarina, liderando o ranking com saldo acumulado de 11.245 vagas, segundo pesquisa realizada pela Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC) em sua última atualização, referente ao período de janeiro a novembro de 2023. O saldo é a diferença entre contratados e demitidos em um determinado período. O valor representa 38,3% do saldo total das indústrias catarinenses, superando segmentos como Alimento e Bebida, e Produtos Químicos Plásticos, que ocuparam o segundo e terceiro lugares, respectivamente.


No litoral, destaque para a cidade de Itapema, que ocupa o primeiro lugar no ranking dos municípios que maior saldo de vagas geraram na construção em 2023.  Navegantes e Itajaí surgem em segundo e terceiro lugares. Na oitava posição está Porto Belo, na nona posição Camboriú, e na 12ª Balneário Camboriú – mostrando a força da construção no litoral do estado.

 

No cenário nacional, Santa Catarina figura em sexto lugar entre os estados brasileiros com maior saldo acumulado de vagas na construção civil em 2023. Quando o assunto é estoque de empregos - número de trabalhadores com vínculo CLT ativos, ou seja, empregos formais - Santa Catarina também se destaca no cenário nacional, ocupando a sexta posição, com estoque de 127.955 empregos. Em primeiro lugar está São Paulo, com estoque de 740 mil trabalhadores; em segundo Minas Gerais com 330 mil trabalhadores; em terceiro Rio de Janeiro com 200 mil trabalhadores; em quarto Paraná com 160 mil trabalhadores; e em quinta posição Bahia, com 138 mil.

 

TOP 30 NA CONSTRUÇÃO

 

No ranking elaborado pela FIESC, mostrando os 30 municípios catarinenses que maior saldo acumulado de vagas na construção geraram em 2023, Itapema conquistou o primeiro lugar com suas 1.546 vagas, seguida de Navegantes com 1.130 vagas e Itajaí com 920 vagas. A força do litoral é traduzida pelo bom posicionamento das demais cidades da região, com Porto Belo em oitavo lugar e saldo de 504 vagas, Camboriú em nono com 459 vagas, Balneário Camboriú em 12º com 349 vagas, Balneário Piçarras em 17º e 212 vagas, Bombinhas em 20º e 164 vagas, e Penha em 24ª posição e 128 vagas.

 

O presidente do Sinduscon Costa Esmeralda, empresário Rodrigo Passos Silva, celebra a posição de destaque conquistada por Itapema, e elogia o excelente posicionamento das demais cidades da região. ‘’Estes números são resultado de muito trabalho e dedicação por parte de nossos empresários e trabalhadores do setor. O sucesso dos municípios da nossa região impulsiona o crescimento coletivo, representa a força da construção civil e sua importância na geração de emprego e oportunidade para muitas pessoas”. pontua.

 

O presidente do Sinduscon da Foz do Rio Itajaí, Fábio Inthurn, ressalta a importância destes números em sua totalidade. “Os indicadores refletem um cenário muito positivo para a região. Quando um município vizinho se destaca, há ganhos aos demais em termos de visibilidade, estímulo ao crescimento e, por consequência, atração de novos investidores, novos negócios e oportunidades de renda”, acrescenta.

 

As cidades vinculadas ao  Sinduscon da Foz do Rio Itajaí - Itajaí, Navegantes, Penha e Balneário Piçarras - juntas apresentaram  saldo de 2.390 vagas em 2023. Já as vizinhas Itapema, Porto Belo e Bombinhas, representadas na base territorial do Sinduscon Costa Esmeralda, acumularam 2.214 vagas. As cidades de Balneário Camboriú e Camboriú, sob o Sinduscon de Balneário Camboriú e Camboriú, fecharam com saldo de 808 vagas. A soma destas nove cidades remete a um expressivo percentual de quase 50% do saldo total de vagas dos ‘Top 30' municípios catarinenses.

news1.fw.png
bottom of page